CARTA DO TAROT: A Lua

janeiro 11, 2018
XVIII - A Lua - Tarot 

"Após a experiência dos ataques repetidos, convém-me a humildade. Assim, pois: paciência. Sofrer sem se queixar é a única lição que se deve aprender nesta vida." - Vincent Van Gogh -

A Lua ilumina suavemente a cena abaixo dela, Cães uivam para ela e uma lagosta ergue-se da água, representando o mundo subconsciente. Há um senso de mistério na cena. Há muito que se conhecem os efeitos que a lua exerce sobre todas as formas de vida. Sua atração gravitacional sobre a Terra controla as marés, peixes desovam na época da Lua Cheia. Como nossos corpos contêm uma grande percentagem de água, também sentimos o mesmo tipo de atração magnética que a lua exerce sobre a Terra. Os níveis de crimes e de partos aumentam na época da Lua Cheia, com as emoções e as flutuações de humor acima do normal. Por isso, muito pode ser dito sobre a "loucura da lua". 

18 que é o número de eclipses do sol e da lua que retornam, na mesma sequência, após 18 anos. É duas vezes o 9, que é o número da escuridão que é necessário atravessar para o encontro consigo mesmo. 

As águas estagnada representa as profundezas do inconsciente. O crustáceo saindo dessa água simboliza os primeiros momentos de consciência e o perigo de nos perdermos e recuarmos, pelo fato de o mesmo ter uma orientação indefinida. É a nossa luta para emergirmos do inconsciente, das profundezas do nosso eu. 

A estrada ao centro da carta simboliza o caminho que desconhecemos e quando o trilhamos, e vencemos, nos encontramos com a cidade eterna, a Jerusalém Celestial, representada pelas duas torres que são suas precursoras. 
O cão simboliza as forças úteis e amigas que nos protegem, enquanto o lobo representa as forças destrutíveis. São os nossos temores diante desta viagem.
O Eclipse Solar representa a escuridão. 
A noite simboliza a condição necessária para o surgimento da luz, que é necessário transpor a escuridão para o encontro com esta. Este arcano não trata da lua romântica, da lua dos artistas, da lua ritualística das festas e sim daquela com as mais densas vibrações, ou seja, a lua das drogas, a lua que encanta, mas que causa temores, a lua da magia negra.
O orvalho caindo em forma de gotas simboliza a meditação que conduz à calma. 
Este arcano trata dos aspectos escuros do inconsciente, é a manifestação do medo, de forma intensa e corrosiva, que vem acompanhada de muita sensibilidade, insegurança, angústia, fantasia, o que converge em conflito e instabilidade emocional. Por esta razão, o caminho é difícil, porém, transformar e encontrar a totalidade não são impossíveis. Embora perigosa, A Lua é uma fonte inesgotável de crescimento e de cura para a nossa alma.
Esta carta nos remete às preocupações, ao saudosismo, aos sonhos, à imaginação que, por vezes, vão além da realidade. 
É necessária muita força para distinguir a realidade da fantasia, o verdadeiro do falso, a ilusão que nos conduz às emoções desordenadas.
Com A Lua vivenciamos um verdadeiro mergulho no inconsciente, ela trata daquilo que se encontra oculto dentro de nós, trata das nossas dores, da nossa falta de orientação, dos sentimentos de abandono, da nossa instabilidade. É somente por meio desse espírito lunar que conseguiremos um entendimento destes segredos. Por se tratar de uma carta de abismos do inconsciente dá o trazidas à tona as feridas do passado que precisam ser reconhecidas e cicatrizadas para que danos maiores possam ser evitados. Para isso, será necessário um retorno a momentos pretéritos, um encontrar-se com o nosso si mesmo trazendo à consciência aquilo que nos aprisiona para, então, mudarmos nossas atitudes e buscarmos o caminho da libertação.

A Lua representa situações ilusórias, possíveis decepções e sensação de incerteza. As emoções estão muito carregadas e variáveis, como um pêndulo que vai de um lado para o outro. Devido às associações místicas da Lua, esta carta também pode indicar que nossos sonhos tornam-se mais claros quando nosso subconsciente se revela para nós. Aumentam a intuição e os instintos básicos. Quando esta carta está presente, ela também avisa que é importante não tirar conclusões precipitadas, pois a luz da lua pode criar ilusões e as formas nas sombras não são o que aparentam. Geralmente, há mais coisas numa situação do que se vê, e seria prudente manter-se atento, mas sem agir apressadamente, dando tempo para que a situação se revel com mais clareza. 


INCERTEZAS, ILUSÃO, EMOÇÕES FLUTUANTES, PROFUNDEZAS NUNCA VISTAS. 

- No nível profissional: não nos traz boas perceptivas, pois os assuntos não se posicionarão de forma muito clara. Situações duvidosas e conflituosas estarão em evidência. Indica um momento de incertezas, de medos, mesmo sem razão aparente. É difícil dominar estas sensações até porque elas estão muito enraizadas. Esta situação (de medos, inseguranças etc) deve ser enfrentada com coragem, jamais suprimida. Este momento exige muita observação e interiorização.
- No nível de relacionamento: fala do lado romântico, sonhador, tipico daquele que adora os "castelos de areia", pode tratar de amores platônicos que só sobrevivem na imaginação. Também retratam relações egoístas, com muito ciúme, desconfianças, que conduzem a um pesadelo psíquico. Nesse momento, será necessária uma interiorização ou até buscar ajuda para ir ao encontro de situações mal resolvidas do passado.
- No nível da consciência: este arcano nos confronta com momentos muito dolorosos, pois todos os nossos medos, nossas dores, nossas inseguranças, nosso processo mal resolvido, muito comuns na infância, que não nos permitem seguir adiante na nossa evolução, virão à tona. Com esta carta, teremos uma grande oportunidade de confrontarmos estes fantasmas e dominá-los, ao mesmo tem em que corremos um grande risco de não termos coragem suficiente de encará-los e, então, recuarmos, carregando na alma uma enorme frustração. Em geral, para este processo, precisaremos da ajuda de um profissional da área psicoterapeuta.



ASTROLOGIA:

Urano: a força de urano traz acontecimentos inesperados, que provocam mudanças e causam obstáculos.
Escorpião: intensidade, profundidade, passional.
TZADE
Escorpião com Urano: A força apaixonante de Escorpião utiliza a excentricidade, inventabilidade e o ocultismo de Urano





TZADE: é a letra hebraica correspondente a este arcano e simboliza "cobertura", como algo que fecha sobre nós e não nos dá condição de nos erguemos, que nos tira o ar, que nos priva da liberdade.



EGIPCIO 


XVIII - A LUA
- No Plano Espiritual é o mistério da vida; o abismo infinito em que se move a criatura, o poder misterioso pelo qual as coisas têm seu ser. No 
- Plano Mental representa a força da negação como evidencia da afirmação, o negativo conto expoente do positivo. 
- No Plano Físico tende aos processos vinculados à manifestação dos poderes ocultos, a ação das forças sutis, o que exige deliberação sem alcançar resolução.
Provérbio transcendente: "Seja a tua caridade celeiro inesgotável a  tua paciência não menos inesgotável que a tua caridade". Como elemento de predição, tende à instabilidade, a inconstância, ciladas, confusão, mudanças, situações incertas, longas deliberações, impedimentos inesperados, resultados tardios, triunfos e fracassos aparentes.
Na cartomancia: A contrariedade e o engano espreitam; sua antipatia
fomenta inimizades; cuidado com as bajulações traiçoeiras. Triunfos e fracassos aparentes.

___________________________________________________________________________________


No baralho Cigano



A Lua é uma carta que indica o poder da energia feminina, e revela o uso de forças sutis e ocultas para atingir seu objetivo.

É uma carta que se relaciona com os infinitos ciclos da vida. Pois nasce e morre todo mês, e comanda as marés.

A Lua baralho cigano destaca a intuição e as emoções como ponto central da questão. Ela diz que é preciso medir e controlar estes aspectos, que são fundamentais, mais que em excesso podem levar o consulente a um julgamento precipitado.

Cabe ao consulente identificar que aspectos da Lua que ele precisa desenvolver ou retrair, a fim de alcançar sua meta. Também é bom ponderar sobre o quanto de energia o consulente está empregando na situação.

A Lua baralho cigano é uma carta que assegura a vitória, então trata-se apenas do consulente se entregar a este processo cíclico, reavaliar o que precisa ser reavaliado, e rumar.

A Lua afirma que o poder da confiança e da Fé devem ganhar energia e força.

Os pontos negativos da carta A Lua são: Melancolia; introspecção;

Palavras que representam essa carta: Intuição; Sensibilidade; Encantamento; Vidência; Passividade; Fertilidade; Ciclos.

Mensagem da carta de Baralho Cigano A Lua

Nem todas as batalhas são ganhas com força bruta. É preciso estratégia, inteligência, intuição. É preciso entender os ciclos da vida, para antever o desfecho de situações e se preparar.

A Lua baralho cigano diz que você tem a sabedoria e as ferramentas internas para resolver qualquer questão e prosperar. Mas é necessário voltar-se para si e refletir.

Talvez não seja o momento de agir e sim de ponderar, se recolher para captar essa sabedoria oculta e planejar os próximos passos. Consulte um calendário Lunar!

Em todos os casos, A Lua é um bom presságio e indica a sua vitória.

Se tens incertezas, eis a mensagem da Lua: A vitória começa dentro de nós.
A Lua - Baralho Cigano - 31

Nas Runas, existem uns arquétipos que podem representar a união dos significados das duas cartas acima. Enquanto no Tarot, A Lua representa uma certa negatividade, ilusões, no Baralho Cigano ela representa a Intuição e a vitória. 

Temos a Runa Laguz, que representa no seu estado normal, a Intuição, a representação da mulher, energia feminina, a fluidez, os poderes paranormais. Já quando ela aparece negativa, ela remete a ilusões mentais, tentações, desiquilíbrios mentais, intuições falhas o que se encaixa melhor com a Carta do Tarot 18. 

Laguz - Runa 21

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.